Publicado por: NMKarate | 11 Janeiro, 2008

A DIETA CONTRA A DOPAGEM

UMA ABORDAGEM DIETÉTICA BEM DIRIGIDA PERMITE MELHORAR SENSIVELMENTE O DESEMPENHO DESPORTIVO, AO MESMO TEMPO QUE PERMITE UMA MELHOR RECUPERAÇÃO.

nodoping_white.gif

 

Os recentes “casos” de dopagem no meio desportivo levantam o difícil problema da dopagem. Ultimamente, os controlos anti-dopagem têm vindo a multiplicar-se, numa perspectiva de erradicação da mesma.

 

Um desportista que esteja envolvido neste problema torna-se o centro das atenções; ora é preciso saber que, uma vez apanhado na engrenagem da dopagem, dificilmente conseguirá controlar sozinho o fenómeno em curso. Eis o motivo pelo qual a educação dos jovens desportistas deve ser assegurada assim que dêem os primeiros passos no mundo do desporto.

 

Os desportistas devem ter consciência de que a dopagem arruinará a sua carreira desportiva (uma carreira que poderia ser promissora) mas também a sua saúde, o que é muito mais grave.

 A DIETÉTICA POSSUI AS VANTAGENS QUE PERMITEM SUBSTITUIR UMA DOPAGEM PERIGOSA. 

400_f_1174104_kha6y8eakunjsgnxbgqjogi0wbzdix.jpg

Uma higiene de vida de acordo com as suas próprias necessidades substitui os produtos artificiais que supostamente deveriam preencher as carências. Uma alimentação correcta, um tempo de sono suficiente, um treino adaptado, intervalos de descanso regulares e um ambiente saudável são elementos de base para a higiene de vida de um desportista.

 

Uma alimentação equilibrada, variada e adaptada à prática desportiva, proporciona um aporte de nutrientes (prótidos, lípidos, glúcidos), vitaminas (principalmente B1, B2, B6, E e C) e minerais (em particular sódio, potássio, magnésio, ferro,cálcio), não sendo necessário qualquer tipo de suplemento.

 

Esta alimentação, associada a um plano hídrico adaptado, permite adiar naturalmente o cansaço físico e desenvolver todo o potencial desportivo de um indivíduo.

 

Nunca devem ser retiradas horas ao tempo de sono útil para descanso da “máquina humana”. O treino deve ser efectuado de acordo com uma carga de trabalho muscular ou articular que o corpo possa suportar; levar os limites ao extremo apenas origina ferimentos, cuja gravidade pode ter repercussões importantes no corpo, podendo chegar a interromper uma carreira desportiva. Devem ser estabelecidos tempos de descanso de forma regular, de modo a permitir ao corpo que recupere do esforço. O descanso é indispensável, tanto física como mentalmente.

 

É primordial que o desportista tenha um ambiente favorável; deve confiar totalmente nas pessoas que o rodeiam e que estão encarregues de determinadas funções, (administração, organização…). De resto, a educação do desportista deve permitir-lhe recusar o que lhe parecer incorrecto ou inadaptado ao seu caso.

Deveria ter o reflexo de recusar qualquer tipo de bebidas, produtos ou cápsulas cuja composição desconhece; não deve hesitar em pedir para consultar as etiquetas dos produtos que lhe são oferecidos caso estejam desprovidos de etiqueta, seja qual for a pessoa que esteja a fazer a oferta.

   

A luta contra a dopagem diz respeito a todos.
As mentalidades devem mudar.
Só deve ser exigido dos desportistas o que é humanamente realizável.
O espírito desportivo deve ser mais forte.

Carla Jeronimo


Responses

  1. acima de tudo gostei da parte: “Nunca devem ser retiradas horas ao tempo de sono útil para descanso da “máquina humana””

    eu por mim acho que isso é de extrema importância, mesmo sem ser atleta de competição.

    … só é pena que não consiga gozar as horas que a minha máquina pede😦


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: